Por Upsocl
25 junio, 2021

“Trabalhar com as mãos em minha casa me dá muita satisfação, muito mais se comparado com qualquer outro trabalho que tenha tido antes”, comentou a canadense Cynthia Loewen, que aos seus 27 anos deixou a carreira de medicina para ser parte de um movimento mundial de esposas “tradicionais” e dedicar os seus dias ao cuidado do lar.

É muito comum da geração millennial isso de mudar de perspectiva de vida de um dia para o outro e decidir embarcar em novos projetos e aventuras, deixando todo um período de sacrifícios para trás.

No entanto, é difícil encontrar casos como o de Cymthia Loewen, uma mulher de 27 anos vinda de La Salle (Montreal, Canadá) que deixou o seu trabalho de modelo e seu treinamento para se tornar doutora, mudando tudo por seu marido. Claro, porque decidiu ser dona de casa e se dedicar 100% aos trabalhos domésticos.

https://www.instagram.com/p/CLPB3z1hM0z/

Depois de se casar com o seu marido —um ex-militar— Cynthia decidiu se unir ao movimento TradWife, no qual as mulheres que são pare dele seguem as condutas próprias de uma esposa “tradicional”, ficando responsável pelos trabalhos caseiros enquanto seus maridos as apoiam financeiramente.

“Meu marido é quem ganha o pão e eu sou responsável pela casa. Trabalhar com as mãos no meu lar me dá muita satisfação, muito mais se comparada com qualquer outro trabalho que tenhas tido antes”.

—Cynthia Loewen em seu canal do YouTube—

https://www.instagram.com/p/CG7kW7kjq0O/

No começo, Cynthia comentou que seu marido se transformou em quem toma as decisões em casa e, mesmo que tenha custado a ela se adaptar por conta da sua personalidade “teimosa”, acredita que esta forma de se relacionar tem fortalecido o vínculo entre ambos.

A rotina diária de Cynthia começa na academia, para depois passear com o seu cachorro e depois começar com os trabalhos de casa, tendo se maquiado e vestido antes de partir. Diz que durante o dia aproveita para cozinhar o jantar e esquentar as coisas, além de explorar novos hobbies como fazer vlog ou ser tutora de crianças, por exemplo.

Uma vez que o jantar esteja pronto, a mulher espera que o seu marido chegue do trabalho para jantar juntos e depois ir dormir; caso ele chegue tarde, ela deixa a comida servida e tampada antes de se deitar.

https://www.instagram.com/p/B84tIB3BynN/

“Quanto mais eu veja os trabalhos do lar como um trabalho, mais gratificantes serão os resultados, assim como em qualquer outro trabalho ou carreira, você sempre que ter metas”

—Cynthia Loewen em seu canal do YouTube—

Agora, queremos perguntar a vocês: o que opinam sobre o fato que estes tipos de decisões sigam acontecendo nesta época? Os trabalhos em casa realmente estigmatizados hoje em dia?  

https://www.instagram.com/p/CECCMbfjauB/

Estamos atentos aos seus comentários!

Puede interesarte