Por Upsocl
3 agosto, 2020

“Meu garoto tem medo de me dar a mão na rua com receio de que alguém nos flagre. Meu pai disse a ele que ia tirar qualquer medo que existisse”, contou o jovem em sua conta no Twitter.

Por mais que a luta da comunidade LGBTQ+ tenha dado frutos na população mundial, abrindo caminho para a tolerância e conquista dos direitos que lhes corresponde, ainda em muitos lugares as pessoas da comunidade não podem demonstrar o seu amor em locais públicos, se expondo à violência dos outros.

Unsplash

Este medo leva várias pessoas a se esconder ou a se privar de viver suas vidas como os demais. E ninguém merece viver assim.

No Twitter, um jovem chamado Ruben, conhecido pelo usuário Oviaska, decidiu contar uma experiência pessoal que emocionou os internautas.

Twitter @oviaska

O jovem comentou que seu namorado tinha medo de passear com ele de mãos dadas por causa da discriminação que os homossexuais vivem diariamente. Na publicação, Ruben escreveu: “Meu garoto tem medo de me dar a mão na rua para que ninguém nos flagre. Meu pai já disse a ele que ia acabar com esse medo e aí estão”.

Junto ao texto, Ruben compartilhou duas fotografias do pai do jovem caminhando por Oviedo, na Espanha, com seu genro e de mãos dadas. Um post cheio de emoção e que envia uma mensagem potente.

Twitter @oviaska

Mal Ruben contou ao seu pai do medo que seu namorado tinha, o sogro não duvidou em segurar a mão dele, orgulhoso, para passearem juntos.

O casal tinha ido visitar a família de Ruben, onde surgiu o medo. Cidades como Oviedo são muito mais conservadoras do que Madrid, por exemplo.

Unsplash

O Tweet se transformou em viral e já recebeu mais de 194 mil likes e centenas de comentários admirando a valentia do pai de Ruben.

Unsplash

Por mais pais orgulhosos de seus filhos! 

Puede interesarte