Por Upsocl
26 julio, 2021

Atualmente, os passaportes são regidos sob as categorias “masculino e feminino”, situação que Christie Elan-Cane quer mudar pedindo que se inclua a opção X e deixar este documento com gênero neutro.

Uma briga entre o tribunal mais alto do Reino Unido e uma ativista sem gênero se acirrou nestes últimos dias e tudo gira em torno da “discriminação” que esta acusa pela qualificação dos passaportes.

Após um longa luta legal, desta vez a Corte Suprema escutou a última rodada de exposições para conseguir passaportes neutros em relação ao gênero. Uma batalha que tem sido liderada por Christie Elan-Cane, de 63 anos, que tem rotulado os documentos atuais como algo que “denigrem”.

Getty Images

Os advogados da ativista, declarada sem gênero, estão pedindo ao tribunal mais alto do Reino Unido nas audiências de hoje e amanhã que declare a proibição dos chamados passaportes X, pois são uma violação das leis de direitos humanos.

Através de uma série de exposições, disse à política atual do governo que a medida “denigre” e é “ilógica”, pois requer que as pessoas sem gênero realizem uma declaração falsa para obter um passaporte. Uma situação que, para eles, “golpeia a base dos padrões de honestidade e integridade que se esperam de um processo oficial”.

Getty Images

“O estado tem ajudado para que o solicitante já não tenha características específicas do seu sexo. No entanto, o ilógico é que o indivíduo, o solicitante, não pode obter o documento que reconhece essa identidade adquirida”, isso depois da mastectomia dupla e depois de uma histerectomia financiada pelo NHS (Serviço Nacional de Saúde) nas décadas de 1980 e 1990.

Por outro lado, o Ministério do Interior declarou que aceita que a identidade de gênero de uma pessoa pode ser masculina, feminina, ambas ou nenhuma, mas que segue apontando a que, apesar disso, em um passaporte as pessoas “tenham que mentir”.

AP

Mais tarde, a Corte Suprema escutou que o trabalho em curso do Governo sobre a identidade não binária desde a Corte de Apelações no ano passado se atrasou por conta da pandemia.

Se espera que a audiência diante de cinco juízes conclua nos próximos dias, com a sentença reservada para uma data posterior.

Puede interesarte