Por Upsocl
2 agosto, 2022

Maria Fincher aprovou o relacionamento de Alex e Ryan desde o início até o casamento. Quando ambos, com a mesma condição, demonstraram interesse em ampliar a família, a mãe rejeitou a ideia por medo de que ela e o marido acabassem cuidando dos netos.

O amor vem a qualquer momento na vida das pessoas, mesmo que se manifeste de formas diferentes dependendo do caso. Enquanto alguns casais optam por manter seu estilo de vida, outros buscam ampliar a família com seus filhos.

Esse é o exemplo de Alex Fincher e Ryan John, um casal com síndrome de Down que viveu momentos maravilhosos desde que se conheceram, embora haja certos aspectos que não são do gosto de todos. Diante do desejo de ter filhos, a mãe da mulher mostrou sua oposição à ideia em uma entrevista.

Facebook: Alex Fincher

Tudo começou quando Alex e Ryan se conheceram em sua aula de teatro para pessoas na sua condição, onde logo fizeram amizade e eventualmente se tornaram os melhores amigos. Embora Ryan começou a sentir algo especial pela seu colega e perguntou se ela queria ser sua namorada, o qual ela educadamente recusou, mas a amizade continuou sem problemas.

Eles eventualmente ficaram namorados com a aprovação da mãe de Alex, Maria Fincher, como eles disseram ao programa “Love Me As I Am: Untold Australia” da SBS.

Facebook: Alex Fincher

A relação cresceu ao longo do tempo até o ponto em que Ryan ousou pedir Alex em casamento. Com o amor e o apoio dos parentes, eles ficaram noivos por dois anos até o grande dia do casamento.

Quando começaram a ver os preparativos, conversaram com a mídia australiana sobre seu amor e se teriam filhos, ao que Alex respondeu “Sim, isso seria bom”. Ryan também concordou, mas Maria deu uma resposta diferente.

Facebook: Alex Fincher

“Não há como Alex e Ryan terem filhos”, respondeu a mãe à SBS, acrescentando: “Eles podem ter um cachorro”. Acontece que Maria pensou no que aconteceria se o casal não pudesse cuidar dos seus filhos, então ela se abriu sobre isso.

“Caberia a Glen e a mim criá-los e estamos envelhecendo. Simplesmente não conseguimos criar outra criança. Não”, respondeu ao programa, insistindo que eles não deveriam tê-los “sob nenhuma circunstância”.

SBS Australia

Essa opinião não foi ignorada pelas pessoas que viram o documentário sobre os namorados e rapidamente criticaram a mãe pelas suas declarações.

A diretora do grupo de deficientes Queensland Advocacy Incorporated, Michelle O’Flynn, rejeitou as observações de Maria e apoiou o casal em sua decisão. “Em primeiro lugar, as pessoas com deficiência e pessoas com síndrome de Down têm os mesmos direitos à integridade física, família e relacionamentos que qualquer um de nós, e isso não cabe aos pais”, disse ela ao Daily Mail Australia.

Enquanto os usuários desejaram o melhor ao casal e enviaram todo o seu apoio.

Puede interesarte