Por Upsocl
30 diciembre, 2020

“Tenho que lhe dizer que não consigo enviar a tarefa agora porque depois que acabaram as aulas, minha ‘cuchi’ (porquinha) começou a dar à luz e não sei até que horas”, disse o pequeno Juan Gabriel (do Equador) à sua professora em um áudio do WhatsApp, que se tornou viral e ganhou o reconhecimento e carinho na internet por seu grande senso de responsabilidade.

Uma história que transpira ternura e chega até nós desde a província de Azuay, no Equador, onde um menino de 9 anos demonstrou ter um incrível senso de responsabilidade em todos os aspectos da palavra.

Acontece que o menino, chamado Juan Gabriel, está no quinto ano em uma escola rural no de Guachapala e há poucos dias teve que enviar uma tarefa que a sua professora chamada Nancy Monroy pediu. Ele estava prestes a fazer a tarefa, mas pouco antes da aula virtual terminar, Juan Gabriel percebeu que algo estava acontecendo com Sandy, sua porquinha.

El Universo

A porca já ia dar à luz e não havia mais ninguém em casa além dele para ajudá-la. Portanto, ele teve que deixar a lição de casa de lado e começar a ajudar com o parto, mas não sem antes enviar um áudio para a professora explicando tudo.

“Professora Nancy, boa tarde. Tenho que lhe dizer que não consigo enviar a tarefa agora porque depois que acabaram as aulas, minha ‘cuchi’ (porquinha) começou a dar à luz e não sei até que horas. E como minha mãe ainda não chegou de Paute, tenho que cuidar da ‘cuchi’. Assim que ela terminar de dar à luz, eu mando a tarefa para você, obrigado, tchau. Eu espero que você me entenda.”

—Áudio de Juan Gabriel para sua professora—

El Universo

A mídia local El Universo entrou em contato com o menino depois que seu áudio se tornou viral nas redes sociais, e ele disse que foi ele quem ajudou o primeiro porco a nascer sem ajuda de ninguém, por volta das 13 horas. Pouco depois, sua mãe – que trabalha como feirante em uma cidade próxima – chegou e o ajudou com a porquinha para ele fazer suas tarefas da escola.

Enquanto isso, Nancy, a professora, disse que sua primeira reação foi de ternura e depois compreensão, pois ela entende que as crianças também têm outras atividades para fazer em casa. Além disso, Juan Gabriel é um aluno muito atencioso e responsável, portanto não havia como se incomodar com o atraso da tarefa.

 

Um exemplo máximo de nobreza e de atenção por parte da criança! Esperamos que a sua porquinha esteja bem e não tenha tido problemas no parto.

Puede interesarte