Por Upsocl
19 enero, 2021

“Ele está crescendo, mas não posso tolerar sua grosseria e desrespeito”, disse Becky, a protagonista e mãe do garoto de 13 anos.

Todos nós nos metemos em muitas travessuras na escola, aborrecemos nossos pais e professores por mau comportamento. As ameaças eram clássicas, como: “comporte-se ou você vai ver, você não vai sair para brincar”, mas esta mãe foi um pouco mais longe.

Chateada com o mau comportamento do filho, ela o alertava constantemente sobre o castigo que o esperava, mas ele sempre dava risada. Um dia ela o acompanhou até a escola e apenas sentou ao lado dele durante a aula. Tinha tanta vergonha.

KENT LIVE

Seu rosto dizia tudo, ele estava com muita vergonha. Embora ela sempre o ameaçasse com um castigo, ele nunca acreditou nela. E, claro, quem poderia imaginar que ela iria até a sua escola para lhe dar uma lição. Becky Crandley, a mãe, atraiu aplausos por sua jogada inteligente.

“Ameacei várias vezes que iria sentar-se com ele na sala de aula se fosse preciso, e ele sempre ria (…). Ele não tinha ideia e claro que estava muito envergonhado, eu me apresentei como sua mãe”. 

Comentou Becky ao Kent Live.

Tudo aconteceu no Sittingbourne Community College, em Kent (Inglaterra), onde o menino da 8ª série (13 anos) já havia registrado mau comportamento, principalmente com seus professores. Becky achava que era por conta do seu crescimento, mas recebia e-mails constantes de seu professor avisando sobre o comportamento do seu filho.

“Ele está crescendo, mas não posso tolerar sua grosseria e desrespeito. Tenho recebido muitas chamadas da escola sobre o comportamento dele. Já o castiguei inúmeras vezes, mas nada parecia incomodá-lo.”

 Becky para o Kent Live.

Imagen referencial – Pixabay

Ela decidiu se encarregar do assunto e contou a sua ideia para a escola. Eles aceitaram e no dia seguinte ela estava sentada ao lado do menino. Ela compartilhou a situação pelo Facebook e recebeu milhares de aplausos e elogios.

“Se ao menos eu tivesse uma foto de seu rosto quando entrei e sentei ao lado dele … ele ficou tão vermelho que não há comparação.”

Comentou a mãe para o Kent Live.

Foi uma maneira criativa de castigar o menino, embora seja mais que uma lição. Provavelmente ele nunca esquecerá.

Puede interesarte