Por Upsocl
9 octubre, 2020

Seu bebê Baylor por pouco não fica cego depois de contrair uma perigosa infecção graças às bactérias que seus bonecos acumulavam. Por mais que os limpe, podem conservar mofo e outros micróbios imperceptíveis.

A banheira se transformou em um espaço onde as crianças, além de se lavarem para manter uma higiene correta, buscam se divertir com a água e os brinquedos. É um momento para aproveitar e curtir. No entanto, a água pode ficar presa neles e isso pode ser mortal.

Foi o que aconteceu com a mãe de Baylor, em Chicago (Estados Unidos). A mulher sabia que isso poderia acontecer e com isso, depois de cada banho, limpava os brinquedos de seu pequeno com uma solução de água e água sanitária e os manteve regularmente sob a luz para evitar qualquer infecção.

O que ela não sabia é que – inclusive com uma limpeza regular – eles nunca se secavam por completo e as bactérias que há dentro podem seguir crescendo. Bactérias invisíveis.

Eden Strong

Um dia, notou que o olho de Baylor estava um pouco vermelho. Não deu importância a isso, já que a babá estava dando banho nele e “respingou água com um brinquedo de banheira”, lhe disse. Horas mais tarde, seu esposo levou o pequeno a um pronto-socorro, assumindo que tinha uma pequena infecção, conjuntivite.

No dia seguinte, Baylor tinha um olho com o dobro de tamanho por conta do inchaço e quando foi para a cama, a vermelhidão se estendia por toda a sua bochecha. A mãe estava assustada. Buscou na internet o diagnóstico e novamente o levou para o pronto-socorro por causa de uma possível celulite.

Eden Strong

Quando acordou às 6 da manhã e o viu no seu berço, gritou desesperada para o seu marido. O olho de Baylor estava tão inchado que a parte branca sobressaía de sua pálpebra e a sua íris estava escurecendo. Se sentia quente ao tocá-lo e tinha febre. Muita febre.

Eden Strong

“Chorei durante todo o caminho até um hospital maior. Rezei para que ele não perdesse o olho”.

apontou a mãe de Baylor em seu Facebook

Começaram a dar antibióticos por via intravenosa tão rápido como eles atravessaram as portas do hospital. Estavam angustiados. Tinha celulite severa que eventualmente se estendeu por sua cara e ambos os olhos.

“Me advertiram que ele poderia ter perdido a visão no olho que estava em pior estado, mas no fim, graças a Deus, os seus olhos se curaram. Dessa maneira, esses brinquedos de banheira? É só jogar fora”.

–disse novamente no seu Facebook

Finalmente, o pequeno foi para casa e está bem. A mãe de Baylor aprendeu a lição e jogará fora todos os brinquedos de banheira. Assegurou que o mofo não se pode limpar e que as bactérias são invisíveis.

Puede interesarte