Por Upsocl
23 julio, 2020

«Eu me sentei impotente atrás da janela do lado de fora da sala de terapia intensiva, observando seus últimos momentos», disse Jihad, o homem de 30 anos que conseguiu se despedir da sua querida mãe.

O coronavírus mudou a vida de milhões de pessoas em todo o mundo. Algumas pessoas perderam o emprego e tiveram que se confinar por longos meses. No entanto, a coisa mais terrível é perder a vida. Como se isso não bastasse, o vírus nos impede de visitar nossos parentes doentes e dizer adeus.

A mãe desse jovem chamado Jihad Al-Suwaiti, foi contagiada com o coronavírus. O panorama não era nada animador, porque ela tinha leucemia. Ela foi internada no Hospital Estadual de Hebron, na Cisjordânia (Palestina), sem poder receber visitas e tudo o que envolvia riscos de contágio. Jihad não suportava ficar sem visitar sua mãe, sabendo que sua saúde não ia nada bem.

Ele a acompanhava todos os dias na janela do hospital, escalava as paredes para observá-la, até que ela faleceu. Eles conseguiram se despedir.

Twitter Mohamad Safa

O vírus COVID-19 levou milhares de pessoas. Agora foi a vez da mãe de Jihad, que lutou muito contra a doença, mas que acabou perdendo a vida.

Twitter Mohamad Safa

Foi um golpe duro, especialmente considerando que ele era o filho mais novo e que eles tinham um ótimo relacionamento.

«Me sentei impotente atrás da janela externa da sala de terapia intensiva, assistindo seus últimos momentos.»

Jihad comentou ao jornal Post.

Twitter Mohamad Safa

O momento emocionante foi retratado em imagens, que percorreram o mundo através das redes sociais. Até fizeram uma ilustração para ele, onde a mãe flutuava até a janela, para se despedir de Jihad e acariciá-lo pela última vez.

Eles perderam o pai há 15 anos, segundo relatos da mídia local. Tem sido difícil e agora ainda mais.

Archivo personal

O irmão mais velho da família disse à imprensa local que a segurança do hospital repreendeu a Jihad várias vezes, mas ele a ignorou. Ele se arriscava para ver sua mãe.

Sem dúvida, para eles nada será o mesmo, como para muitas pessoas que perderam entes queridos. Por razões como essa que devemos acabar com a pandemia, cuidando-nos e ouvindo as autoridades. Cabe a todos terminar com essa tragédia.

Puede interesarte